Sunday, April 23, 2017

Amsterdam - Transporte Público

Olá pessoal, depois de 1 semana de Holanda acredito que já posso dar algumas dicas de como se virar em Amsterdam pelo menos como se locomover aqui.

Visitantes:
Se você vem a passeio existe a possibilidade de comprar o cartão da cidade ("City Card") de Amsterdam. Há opções de 24; 48; 72 e 96 horas.
Ao entrar no primeiro bonde (tramway); ferry (para nós do Rio seria nossa barca) ou ônibus você está ativando o seu cartão e seu acesso irá terminar 24; 48; 72 ou 96 horas dependendo do seu cartão. O mesmo vale para os museus que você poderá visitar incluídos ao adquirir seu cartão. Você visitando um museu irá ativá-lo para visitas e sua validade para museus irá seguir o mesmo critério dependendo do tipo de cartão que comprou.

Esse cartão da cidade irá te dar acesso aos principais museus da cidade; um passeio pelos canais de Amsterdam; uso ilimitado do sistema público de transportes da cidade (GVB) e terá descontos em outras atividades de lazer.

Onde comprar?

No Aeroporto de Amsterdam e na estação Amsterdam Central procure pela loja "I amsterdam". Os valores dos cartões em 2017 variam de € 57 (cinquenta e sete euros) a € 87 (oitentata e sete euros).

Para quem vem morar:
Se você vem morar em Amsterdam depois de ter ido na Prefeitura e/ ou IND (Imigração) e receber seu BS Number (se for o caso) aconselho abrir uma conta corrente aqui pois muitas coisas pela internet só funcionam com cartão de débito daqui, tipo recarregar o passe de transporte público por exemplo. Eles não aceitam cartão de crédito international pelo site, porém você pode usar seu cartão international nas máquinas de recarga espalhadas nos supermercados; principais estações de trem por exemplo.

Não quer o cartão da cidade mas...
Você pode comprar o cartão OV-Chipkaart nos pontos de atendimento no Aeroporto; Amsterdam Central por exemplo. Esse cartão é a versão "anonima" não personalizada e que não aceita personalização ou assinatura mensal. Forma mais barata para se locomover na cidade. Ao adquirir o cartão você pagará € 7,50 e o mesmo é válido por 5 anos. Além desse valor você deverá incluir os créditos necessário para usar o sistema público de transportes do país (Mínimo de € 20 para usar a rede de trens que liga todo o país da empresa NS).

Pelo que percebi até o momento há a NS (http://www.ns.nl/en) que é a empresa de trens da Holanda ou a rede inter-municipal e a GVB (https://en.gvb.nl/) empresa do sistema público de transportes de Amsterdam. Com o cartão OV-Chipkaart você terá acesso a toda rede de transporte da Holanda.

Algo que você deve prestar atenção é o seguinte o valor mínimo que deve ter no cartão para andar de trem no país é de € 20 (vinte euros) e você deve autenticar seu cartão (passar nos leitores) quando embarcar e quando sair da estação ou do ônibus pois o valor a ser descontado do seu cartão é pela distância que irá fazer do seu trajeto.

Por exemplo ao pegar o trem da estação Utrech Lunetten até Amstel Amsterdan hoje eu paguei: € 7,20 (duas cidades) só ida.

Se você não passar seu cartão no leitor do ônibus ou tramway ao embarcar em Amsterdam pode pagar uma multa de € 37,50 (GVB) e no trem de € 50,00 (NS). Então não esqueça isso.

Nesse site explica em mais detalhes como se locomover em Amsterdam e na Holanda de trem usando o sistema público de transportes: http://www.amsterdamtips.com/tips/ov-chipkaart.php - em inglês.

Para se ter uma ideia uma viage de trem de Groningen (cidade ao norte da Holanda) até Maastricht (sul do país) que dura mais ou menos 4 horas e 44 minutos vai te custar € 26,30 (isso eu tirei do site da NS - lá você pode estimar as viagens: clique aqui para ver).

Para você que irá morar aqui tem o plano mensal de € 92 por mês da GVB (Amsterdam somente) aí você vai precisar de um endereço; conta de banco na Holanda e assinar no site da própria GVB.

Nesse link você poderá ver outros preços de assinatura para o sistema de trem da Holanda (http://www.ns.nl/en/season-tickets). Por exemplo por € 333,00 por mês você pode usar de forma ilimitada o sistema público de todo o país por 1 mês.

Links úteis:
http://www.iamsterdam.com/en/

Tuesday, April 4, 2017

Destino Holanda


Olá para todos. Mais uma vez mudei a imagem do título do blog. E meu próximo destino será a Holanda. Depois de alguns anos na França agora chegou a hora de ir para o país do queijo gouda; dos tamancos de madeira; do país onde a maconha é tolerada; onde a prostituição é legalizada; das bicletas; dos moinhos de vento; do sistema de gestão de água mais incrível que eu já vi; do país que está fechando as cadeias e importando presos pois sobram vagas no sistema carcerário; onde há tolerancia pelas diferenças; onde se fala muito bem o inglês; o país que 40% do seu território está abaixo do nível do mar (por isso tem o sistema de gerenciamento de águas) e o país das tulípas. Bom isso é só um pouco do que eu conheço da Holanda e espero compartilhar com vocês um pouco mais sobre minhas experiências lá. Eu e minha esposa ficaremos muito felizes em compartilhar com vocês nossa história nesse novo país.

Wednesday, March 29, 2017

Brasil o país que parou em 2008

Há 09 anos eu fui embora do Brasil e por acaso olhando vagas de trabalho de TI (Tecnologia da Informação), mais especificamente de programador ASP.NET no site: http://www.apinfo.com/apinfo/ fiquei perplexo ao ver os salários propostos. Eu só peguei duas vagas abaixo como exemplo.


Em 2008 eu ganhava R$ 5200,00 como PJ (Pessoa Jurídica). Para você que não sabe o que é PJ é uma pessoa que abre uma empresa para emitir nota fiscal ao invés de trabalhar com carteira assinada. Há vantagens e desvantagens de trabalhar como PJ, mas isso é tema para um outro post.

A questão é que os salários, pelo menos na área de informática estão estagnados e ao longo desses anos eu tenho visitado o Brasil e vi que os preços de tudo aumentaram absurdamente. O que me assustou muito foi ver que em 2015 vi um grande número de notas de R$ 100,00 circulando, pois R$ 100,00 não vale muito.

O Brasil parou em 2008 pelo menos para os profissionais de TI.

Sunday, November 27, 2016

Polícia já 'segue' quem compra celular roubado

No dia 27/11/2016 o Jornal O Dia publicou a matéria informando que a polícia já 'segue' quem compra celular roubado.

Então cuidado você que quer comprar celular sem saber a procedência. Muito bacana.

Monday, November 21, 2016

Por que você não deve comprar no site das Casas Bahia?

Se você pensa comprar um smartphone no site das Casas Bahia nessa Black Friday, pense duas vezes.

Eu tive uma péssima experiência no site das Casas Bahia após tentar comprar um smartphone para a minha noiva.
Segue abaixo o que aconteceu por datas:

25/09/2016 - Efetuei a compra à vista.

27/09/2016 - O produto deveria estar disponível na loja segundo o link de rastreamento do transportador.

29/09/2016 - Minha noiva foi até o Hiper Mercado Extra, na Barra da Tijuca, pegar o suposto aparelho e chegando lá a surpresa. O gerente da loja disse que não receberam nada.

Depois de inúmeras ligações e toda vez pediam para eu aguardar 5 dias úteis e não via vontadade de resolver o problema e sempre tinha que contar meu caso toda vez que ligava. Até que eles falaram que iriam ver o que houve com o transportador. Eu não comprei com o transportador e sim com as Casas Bahia.

20/10/2016 - Depois de perder a paciência com eles eu solicitei o cancelamento da venda e me disseram que iriam devolver meu dinheiro somente depois de 60 dias, pois o produto estava na loja (por acaso no dia que pedi o cancelamento da venda) e olha o absurdo. Só depois que o produto chegasse ao depósito central que iriam efetuar a devolução do MEU DINHEIRO! Agora me explica por que eu devo esperar que o produto chegue ao depósito central se eu nem mesmo recebi o mesmo para o estorno no meu cartão?

Hoje as 16:42 (hora de Brasília) liguei para as Casas Bahia para saber sobre o meu caso. Resposta: "Sistema fora do ar".

23/11/2016 as 17:03 - Liguei hoje e a atendente disse que eles não entenderam que eu NÃO RECEBI o produto (desculpem as letras maiúsculas) e por isso estava demorando e vão entrar em contato em até 5 dias úteis. É mole ou quer mais?

20/03/2017 - Depois de muito reclamar obtive meu dinheiro de volta.

Depois o slogan das Casas Bahia é: "Dedicação total a você". Fala sério. Casas Bahia nunca mais.

Parece que não sou o primeiro: Casas Bahia é condenada por não entregar celular a cliente no Acre

Violência nas ruas do Rio aumenta

Notícia do Jornal o Dia do dia: 21/11/2016

Não precisa muito de comentar.

http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2016-11-20/violencia-nas-ruas-do-rio-aumenta.html